26 março 2016

Lava Jato: a narrativa sai dos trilhos

"A Operação Lava Jato desenrolou-se, nos últimos dois anos, seguindo uma narrativa com início, meio e fim. Uma história que devia terminar com Lula preso e responsabilizado pela montagem de um mega-esquema de corrupção para financiar a manutenção do PT no poder. Caracterizado como podre e corrupto, o partido, no final da história, também poderia ter seu registro cassado e desaparecer de cena. De Dilma, cuidaria o Congresso com o impeachment. Alguns fatos recentes, entretanto, estão ameaçando o o curso da narrativa"; o comentário é da colunista do 247, Tereza Cruvinel; por isso, diz ela, "a lista da Odebrecht agora foi posta pelo Juiz Moro sob sigilo, depois de ele ter autorizado a divulgação do grampo Dilma-Lula"; "por isso o Ministério Público praticamente dispensou a "colaboração definitiva" da empreiteira", completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário