02 abril 2016

Barroso e a "alternativa de poder"

PMDB pode ter que voltar ao governo com o rabo entre as pernas.
:
Há um roteiro muito provável para o fim dessa novela.
Os partidos que ficavam com as sobras do PMDB pulam no barco governista para repartirem o filé, agora amparados pelo repúdio estridente ao golpe que está sendo entoado no Brasil (com menos sucesso, devido à crise) e no exterior (com muito mais sucesso devido ao caráter golpista do golpe).
Com isso, o impeachment não passa por falta de votos a favor, mesmo sem ter votos suficientes contra – mesmo que o governo não obtenha 171 votos a favor de Dilma na Câmara, deputados podem faltar à votação, negando os 342 votos contra a presidente necessários à abertura do impeachment.
O PMDB, na verdade, ainda não entregou nada. Continua sentadinho nos seus ministérios. Até agora, só fez um showzinho. Com a reversão das expectativas pró impeachment, vai continuar sentadinho onde está. Contudo, os palhaços que deram o showzinho terão que voltar ao colo da mamãe Dilma com o rabinho entre as pernas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário