11 outubro 2016

PALOCCI ESTUDA FAZER DELAÇÃO PREMIADA

REUTERS/Rodolfo Buhrer 

O ex-ministro Antonio Palocci, detido em Curitiba por conta da Lava Jato, já fala em fazer uma delação premiada, segundo a coluna de Monica Bergamo na Folha de S.Paulo.
Maior interlocutor do governo de Lula e Dilma com os empresários, um eventual acordo de delação do petista deve ter potencial explosivo.
O advogado de Palocci, José Roberto Batochio, nega a possibilidade de que o petista venha a participar de uma delação.
Palocci foi ministro da Fazenda no governo Lula e da Casa Civil no de Dilma Rousseff e foi preso na Lava Jato por ser, supostamente, o "italiano" das planilhas da Odebrecht.

Nenhum comentário:

Postar um comentário