15 fevereiro 2017

Meditando o Evangelho do dia - 4ª-feira da 6ª Semana do Tempo Comum

Evangelho (Mc 8,22-26)
O cego ficou curado, e enxergava todas as coisas com nitidez.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 8,22-26

Naquele tempo, Jesus e seus discípulos chegaram a Betsaida. Algumas pessoas trouxeram-lhe um cego e pediram a Jesus que tocasse nele.
Jesus pegou o cego pela mão, levou-o para fora do povoado, cuspiu nos olhos dele, pôs as mãos sobre ele, e perguntou: "Estás vendo alguma coisa?"
O homem levantou os olhos e disse: "Estou vendo os homens. Eles parecem árvores que andam". Então Jesus voltou a pôr as mãos sobre os olhos dele e ele passou a enxergar claramente. Ficou curado, e enxergava todas as coisas com nitidez. Jesus mandou o homem ir para casa, e lhe disse: "Não entres no povoado!"
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.

Reflexão - Mc 8, 22-26
Jesus retira o homem do povoado, não o cura totalmente na primeira vez que lhe impõe as mãos, o deixa totalmente curado na segunda vez que lhe impõe as mãos e diz para ele não entrar no povoado. Esses elementos nos ajudam numa reflexão sobre o Evangelho de hoje. As pessoas vivem em sociedade e, geralmente, assumem integralmente os seus valores. Esses valores muitas vezes se tornam um obstáculo para a atuação da graça e para a verdadeira libertação dessas pessoas. Depois que a libertação acontece, essas pessoas não podem assumir novamente todos os valores da sociedade, pois voltarão a viver na escuridão do erro e do pecado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário