07 março 2017

Pense nisso!

Eles, os pagãos, os que não te conhecem, "não sabem que têm um Pai que deles se ocupa", é esta a grande diferença. Levanto meus olhos para falar-te como uma criança; abaixo meu olhar para encontrar-te como pecador; abro meus braços para abraçar-te, beijar-te, e te chamar Pai, meu bom Pai! E me deixo abraçar por ti. Assim é que posso rezar o Pai-Nosso, que, embora o recite de cor, renova minha confiança e serenidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário