26 abril 2017

O AMOR DO PAI PELA HUMANIDADE

O gesto mais grandioso do amor de Deus pela humanidade consistiu no envio do Filho Jesus para propiciar-lhe vida, livrando-a, assim, da morte eterna. A ação Jesus, com tudo o que ele fez de bem para as pessoas do seu tempo, visava sempre possibilitar o acesso à salvação oferecida por Deus.
Por isso, era necessário fazer uma clara opção a respeito do Mestre: aceitá-lo ou rejeitá-lo. Infelizmente, o evento Jesus não chegou a produzir, no coração dos seus contemporâneos, os efeitos desejados. Muitos preferiram tropeçar no caminho das trevas do que prosseguir seguros no caminho da luz. Outros optaram pela mentira, quando podiam pautar suas vidas pela verdade.
Esta espécie de ingratidão, porém, não invalidou a proposta do Pai mediante o Filho Jesus. Ele será sempre a luz que dissipa as trevas do erro e a verdade que desvenda a mentira. Sua presença contínua na história humana, fruto da Ressurreição, constitui-se em oferta de vida, embora o que leva à morte pareça prevalecer.
Quem opta por Jesus e assimila seu projeto de vida não teme que suas ações sejam conhecidas de todos, pois elas são feitas em sintonia com Deus. Esta é a forma de ser agradecido ao Pai pelo amor que ele demonstrou por toda a humanidade, ao enviar seu Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário