17 maio 2017

Molon, da Rede, protocola o primeiro pedido de impeachment de Temer

Após uma delação bomba contra Michel Temer, o deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou na noite desta quarta-feira 17 o primeiro pedido de impeachment contra o presidente.
Temer foi flagrado em uma ligação incentivando o empresário Joesley Batista, da JBS, a pagar uma mesada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que ele ficasse em silêncio na prisão. A gravação já foi entregue por Joesley ao STF.
"Agora a bola está com Rodrigo Maia", disse Molon, em referência ao presidente da Câmara, que é encarregado de aceitar ou rejeitar o pedido e criar uma comissão para discutir o documento.
"Não há outra saída que não a cassação", defendeu Molon, que também pede eleições diretas: "Não há a menor condição de este Congresso escolher o próximo presidente da República, essa decisão tem que ser do povo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário