28 junho 2017

Deus deseja que produzamos bons frutos

Devemos deixar na vida do outro o rastro dos bons frutos. "Uma árvore boa não pode dar frutos maus, nem uma árvore má pode produzir frutos bons. Toda árvore que não dá bons frutos é cortada e jogada no fogo" (Mateus 7, 18-19).
Deus quer que sejamos árvores boas e de excelente qualidade, por isso precisamos produzir frutos para o Reino de Deus, e frutos não são palavras. Há, no mundo, toda uma lógica, uma falácia de pessoas que falam muito, mas, quando olhamos para elas, seus frutos são podres.
É fácil falar do amor em família, difícil é ver os frutos que as pessoas produzem naquela família. É fácil falar, o importante é observar os frutos.
Se há muitos falsos profetas no mundo, corremos o risco de sermos também falsos em nosso profetismo, quando não aplicamos nem na nossa própria vida aquilo que nós falamos, acreditamos e são nossas convicções de vida.
Devemos deixar na vida do outro o rastro dos bons frutos. Não passemos por cada lugar deixando um fruto estragado, porque as pessoas não saberão que árvore somos por aquilo que falamos, mas por aquilo que estamos produzindo a partir dos nossos atos.
Uma árvore pode crescer maravilhosa, mas ela não dá um fruto que presta. Todo fruto que vem dela está ruim, não dá para consumir, por mais que ela produza uma “sombrinha”, mas ela não está sendo o que precisa ser, então essa árvore é cortada, é queimada, porque ela não produz mais frutos.
Deus não quer nos cortar do Seu Reino, Ele não nos quer longe d’Ele. O que nos coloca no Reino de Deus não é a árvore que somos – “Porque eu sou da família tal. Porque eu tenho uma boa reputação. Porque eu tenho uma família importante. Porque eu sou da igreja”. O que nos mantêm é saber se essa árvore produz frutos ou não, se os frutos que ela produz são bons e de qualidade. Deus quer que sejamos frutuosos, e que os nossos frutos estejam testemunhando aquilo em que nós acreditamos.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário