23 julho 2017

A misericórdia de Deus transforma o joio em trigo!

A misericórdia de Deus age com paciência, porque Ele espera que o joio se transforme num bom trigo de Cristo. "O Reino dos Céus é como um homem que semeou boa semente no seu campo. Enquanto todos dormiam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo, e foi embora" (Mateus 13,24-25).
Muitas vezes, perguntamo-nos por que existe o mal no mundo, por que pessoas boas convivem ao lado de pessoas más, por que existe tanta coisa errada ao lado de tantas coisas certas. Isso causa uma certa indignação no meio de nós.
O Pai, verdadeiro e único agricultor, só criou o que é bom, porque Ele é bom. No entanto, aquele que se opõe a Ele e não quer o bem, é mau e veio ao mundo para semear o mal. A verdade é que aqueles que são de Deus se deixaram contaminar pelo joio, e nós somos essa contradição.
Não dá para dizer que eu sou bom e você é ruim. Eu sou uma pessoa boa, eu tenho consciência disso, mas tenho consciência também de que, dentro de mim, existem coisas que não são boas, existem pecados, mazelas, más inclinações, existem coisas para as quais não tive discernimento e acabei fazendo o que era errado, achando que era certo.
Não cometemos erros? Será que você tem aquela pretensão, aquele conceito errado de si mesmo, de que é sempre uma pessoa certa, boa e justa? Não vamos fazer aquela comparação: "Eu não sou o bandido, não sou um ladrão". Ora! Dentro de nós há sementes do mal, há coisas que nós fazemos que não sei se é maior ou menor do que alguém. Aqui, não faço um juízo de comparação, mas é uma advertência para nós esse Evangelho de hoje. Se Deus fosse levar em conta os critérios que nós temos, separaria logo o que é mau do que é bom, o ruim daquilo que é errado. Desculpe-me, mas pouquíssimos de nós escaparíamos.
A misericórdia de Deus age com paciência, porque Ele espera que o joio, que somos nós, transformemo-nos num bom trigo de Cristo.
Nós fomos errados um dia, fomos pecadores, e a graça de Deus nos alcançou. Queremos que essa mesma graça alcance tantos que estão longe e distantes, porque queremos que essa mesma graça transforme o joio que há dentro de nós.
A paciência e a misericórdia de Deus estão nos transformando, dia a dia, quando permitimos que Ele nos transforme. Então, tenhamos paciência e misericórdia, trabalhemos não para eliminar o mal, mas para não permitir que ele reine em nós. No mundo em que estamos, semeemos a boa semente, o bom trigo de Deus, porque só no Reino d'Ele o joio se transforma em trigo.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário