08 julho 2017

Gleisi e Requião lançam Frente Ampla pelas Diretas

 
Por Esmael Morais - Presidida pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), a Frente Ampla Parlamentar, formada por 220 congressistas, lançará neste sábado 8, em Curitiba, a campanha pelas Diretas Já com presenças de pesos pesados da política tais como Ciro Gomes (PDT), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Lindbergh Farias (PT-RJ).
O comício deste fim de semana ainda contará com lideranças sindicais, religiosas, juristas, artistas, estudantes, dentre outras personalidades.
O evento anunciado por Requião será às 11 horas deste sábado no Hotel Granville (Rua Desembargador Clotário Portugal, 35, Centro).
A título de curiosidade, há 33 anos Curitiba também sediou o primeiro comício de massas pelas Diretas Já. O movimento da época, igualmente suprapartidário, ajudou a enterrar a ditadura militar.
Movimento oportuno
A rearticulação do movimento pelas Diretas Já é muito oportuna nesta conjuntura em que a Câmara planeja um ‘golpe dentro do golpe’, ou seja, o presidente daquela Casa Rodrigo Maia (DEM-RJ) trama a derrubada do ilegítimo Michel Temer para assumir seu lugar.
A eleição direta para presidente da República seria o remédio para conter os golpes e contragolpes, bem como para dissolver a crise política e econômica que assola o país pela falta de participação do povo.
Acerca da Frente Ampla
O senador Roberto Requião assumiu a presidência da Frente Parlamentar Nacionalista no último dia 21 de junho. O movimento visa implantar um projeto de nação em contraposição ao neoliberalismo advogado pela banca financeira e os rentistas.
Com cerca de 220 parlamentares, a Frente presidida pelo senador Roberto Requião, na verdade, também é um embrião do que poderá vir a ser a “Frente Ampla” discutida na reforma política como uma alternativa às coligações partidárias atuais.
A experiência da "Frente Ampla" vem do Uruguai. A organização política reúne dezenas de partidos que sustentou Pepe Mujica, por exemplo.
Requião foi indicado para presidente a Frente pelo PT, PMDB, PDT, PSB, PCdoB, Rede e PSOL. O deputado Patrus Ananias (PT-MG) é o secretário-geral do movimento suprapartidário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário