12 março 2018

#minisermao (12/03/18)

Quanto mais a fé precisa de sinais e comprovações mais vira apenas crença; a fé verdadeira tem confiança de abandono. Aquele funcionário do rei procurou Jesus com um grande problema, o filho dele estava muito doente e quando ele chegou perto do Messias, disse: "Vai lá em casa, toca no meu filho, faz uma oração, realiza um milagre." E poderia ter ficado decepcionado, porque Jesus simplesmente disse: "Volte para casa, teu filho está bem." Ele não duvidou, teve uma fé de confiança e de abandono, voltou para casa, mesmo sem levar o Mestre dos mestres com ele e no meio do caminho teve a agradável surpresa, seu filho havia sido curado. Quem crê, confia. (Jo 4,43-54)
Pe. Joãozinho, scj.

Nenhum comentário:

Postar um comentário