10 março 2018

Os frutos da oração dependem da postura do nosso coração!

A oração é uma postura de vida, é o modo como nos comportamos diante de Deus. "O cobrador de impostos, porém, ficou à distância, e nem se atrevia a levantar os olhos para o céu; mas batia no peito, dizendo: 'Meu Deus, tem piedade de mim que sou pecador!'" (Lucas 18,13).
A oração é uma postura de vida, é o modo como nos comportamos diante de Deus, o Senhor da nossa vida. Podemos nos comportar com indiferença e frieza; a nossa oração pode ser: "Oi, Deus. Tudo ok?". Essa é a oração da indiferença e da frieza.
A oração verdadeira é a oração do compromisso, onde nos comprometemos em estar diante de Deus, mas, essa oração tem duas posturas e uma é oposta à outra: há aquele que porta-se diante de Deus de forma muito orgulhosa; ele se coloca a partir daquilo que ele acha, das virtudes que ele admira em si mesmo,das práticas religiosas que ele tem. Ele reza Ave-Marias, é do grupo de oração, vai à missa toda semana, ou todos os dias. Portanto, ele faz das suas práticas o seu prato de orgulho e apresenta-se diante de Deus a partir do que ele realiza, a partir daquilo que ele já trabalhou ou trabalha para o Reino de Deus. Há ainda, alguns que têm a postura de dizer: "Eu já trabalho para Deus faz tempo. Eu já faço isso para Deus", e na oração é da mesma forma; mas há outra postura diante da oração: a postura do humilde, do coração contrito e humilhado, a postura de quem conhece-se de verdade, de quem não se envaidece com o que faz; a postura de alguém que entra na miséria do coração humano e sabe que não é melhor, não é mais importante do que ninguém e nem pode fazer nada se não for guiado pela ternura e pela misericórdia de Deus.
O coração humilde faz a sua oração chegar diante do coração de Deus! Mas, por que parece que essas orações não são ouvidas?
A nossa postura diante da oração é a indiferença, o orgulho, a vaidade? Ou é a oração do humilde, do sincero, do contrito, do pecador arrependimento, daquele que humilha-se e prostra-se diante de Deus, reconhecendo-se pequeno?
Deus quer que a nossa oração seja muito frutuosa e os frutos da oração dependem da postura do nosso coração diante da presença de Deus.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário