18 outubro 2016

Meditando o Evangelho do dia!

Evangelho (Lc 10,1-9)
A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 10,1-9.
Naquele tempo o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. E dizia-lhes: "A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita.
Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: 'A paz esteja nesta casa!' Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: 'o Reino de Deus está próximo de vós'".
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.

Reflexão - Lc 10, 1-9
O Evangelho de hoje, reconhecidamente vocacional, nos traz frases chaves, que são essenciais para que a nossa missão tenha êxito: "pedi ao dono da messe", ou seja, a prática da oração; "eis que vos envio", porque agimos em nome de Jesus e na sua obra; "não leveis bolsa..." porque os valores materiais não dão garantia do sucesso do trabalho evangelizador; "dizei primeiro: 'a paz...'", porque devemos ser anunciadores do Evangelho da paz; "permanecei", pois se não há comunhão, não pode haver evangelização; "curai os doentes", ou seja, entregue-se à prática libertadora para que haja vida em abundância; "e dizei ao povo", para que a Palavra seja anunciada, mas o anúncio seja acompanhado da prática evangélica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário