11 fevereiro 2017

Lobão ataca Lava Jato e defende anistia a políticos

Geraldo Magela/Agência Senado
Delatado na Lava Jato e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o senador Edison Lobão (PMDB-MA), que irá comandar a sabatina de Alexandre de Moraes para o STF neste mês, defende anistia ao caixa 2 e faz críticas à Operação Lava Jato em entrevista a Julia Lindner e Caio Junqueira, do Estado de S.Paulo, neste sábado 11.
Lobão diz que não há inconstitucionalidade na medida que propõe anistiar o caixa 2 aos políticos. "Eu quero dizer que é constitucional a figura da anistia, qualquer que ela seja", afirmou.
Ele também defendeu mudanças na legislação sobre as delações premiadas. Para ele, "delação só deve ser admitida com o delator solto".
O parlamentar diz que a operação Lava Jato "virou um inquérito universal". "Em que isso vai resultar? Não sei. Não acho que tem que ser extinta, mas conduzir ao ponto que estamos chegando, da criminalização da vida pública, é o que nos envia para a tirania", dispara.
Edison Lobão é alvo de dois inquéritos no STF no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga atos de corrupção em contratos da Petrobras, além de ser alvo de outras duas investigações derivadas da Lava Jato sobre irregularidades na usina de Belo Monte, no Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário