12 abril 2017

#minisermao (12/04/17)

A corrupção tem um custo de longo prazo muito maior do que o aparente benefício imediato. O prejuízo é irreparável. Judas se corrompeu e decidiu trair Jesus por trinta moedas. Parecia um grande benefício imediato. Ele poderia ter outras moedas no seu coração, não importa, ele se corrompeu. E o prejuízo foi irreparável: Jesus foi morto na cruz. Judas não se conformou e tirou a própria vida. O prejuízo sempre é maior. O corrupto pensa que ganha algumas migalhas imediatas, mas todos sofremos no médio/longo prazo, porque a corrupção é uma pedra rolando morro abaixo.
(Mt 26,14-25‬)
Pe. Joãozinho, Scj.

Nenhum comentário:

Postar um comentário