21 junho 2017

Gleisi: se Temer estava aí para fazer reformas, não serve mais para nada

247 - A senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, afirmou nesta terça-feira, 20, que a rejeição da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais do Senado é mais uma prova de que o governo de Michel Temer não se sustenta mais. 
"Conseguimos tirar votos da base. Acho que acaba o governo Temer. Se Temer era para fazer as reformas, vai fazer o que agora? Mesmo que ainda tenha a CCJ, essa votação [na CAS] foi a mais forte do processo que tivemos. É uma vitória da mobilização que tivemos", disse Gleisi ao Drive, serviço de informações do Poder 360. 
Em entrevista à TV Senado, Gleisi destacou que a vitória da oposição faz parte do processo de convencimento dos senadores sobre o retrocesso contido nas propostas defendidas pelo governo Temer. "A votação na CAE [Comissão de Assuntos Econômicos] já foi apertada, com 14 votos para o governo e 11 para oposição. Além disso nós tivemos manifestações do povo nas ruas. Tivemos uma greve geral que parou o País no dia 28, tivemos manifestações em frente ao Congresso Nacional. Então, isso tudo sensibilizou os senadores", disse a senadora. 
Já o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias, lembrou que o governo Temer "estava se sustentando com um argumento só. Quem segurava ele era o mercado financeiro, para aprovar as reformas". Lindbergh destaca que "ficou claro hoje que ele não tem maioria para provar a reforma da Previdência na Câmara" e agora a reforma trabalhista. O reflexo da vitória na CAS, para ele, "será gigantesco" (leia mais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário